Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

11 agências disputam a Concorrência da Câmara Legislativa, que oferece conta de 25 Milhões

Redação | 16 de Fevereiro de 2017 - 16:06

A Câmara Legislativa do Distrito Federal - CLDF abriu Licitação Pública para contratação de 02 agências de publicidade para atendimento da conta publicitária do órgão, que oferece 25 Milhões anuais, que serão divididos em campanhas alternadas entre as contratadas.

A Concorrência, de nº001/2016, do Tipo Melhor Técnica – com forma de execução indireta por preço global (adotada sempre que é possível definir previamente, com boa margem de precisão, as quantidades dos serviços a serem executados), foi publicada em 15 de dezembro de 2016, data da abertura do prazo para preparo das propostas pelas agências interessadas e recebeu vários questionamentos, todos respondidos.

Os envelopes com as propostas foram entregues para a Comissão Especial da Licitação da Câmara Legislativa no dia 06 de fevereiro, conforme previsto no edital. Os membros que compõem a Comissão Especial de Licitação para avaliar as propostas técnicas foram escolhidos por sorteio público no dia 10/02. Margarette de Cássia e Sousa de Resende e Fabio Rivas de Almeida são os membros com vínculo com a casa e Luiz Carlos Silva Costa sem vínculo, de acordo com as leis vigentes. Os outros membros nomeados que completam a Comissão são Randerson Rodrigues Cirqueira, Bruno Sodré de Moraes e Jair Cunha Cardoso Filho, esse último como Presidente.

11 agências estão disputando as duas vagas. São elas: Agência Nacional de Propaganda, Ampla Comunicação, AV Comunicação, AZ3 Publicidade, Cannes Publicidade, Tempo Propaganda, Conceito Comunicação, DeBrito Propaganda, Fazenda Comunicação, Netmídia Comunicação e Plá Comunicação.

O briefing para apresentação das campanhas concorrentes foi “consolidar a imagem da Câmara Legislativa como parceira proativa do cidadão do DF, por meio da Comissão de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle, defende os seus interesses efetivamente e contribui para o constante progresso do Estado”.