Cannes Lions nomeia 15 futuras líderes criativas para o See It Be It 2017

Redação | 15 de Maio de 2017 - 18:18

O Estadão, representante oficial do Cannes Lions Festival, comunica que a organização divulgou hoje os nomes das 15 mulheres que participarão do programa See It Be It deste ano.

A iniciativa foi lançada em 2014, quando os organizadores do Festival identificaram um desequilíbrio dramático de gênero em sua audiência de criativos de níveis médio e superior, refletindo o baixo número de mulheres nos níveis superiores da indústria globalmente. Um número menor de mulheres envolvidas no processo de criação resultou em mais trabalhos com preconceitos de gênero, o que perpetuou um ciclo de objetificação e manteve os baixos níveis de diretoras criativas femininas, que na época era de cerca de 3%.

"O See It Be It foi lançado para destacar mulheres criativas extremamente talentosas e acelerar suas carreiras. O grupo deste ano vem de todo o mundo e traz uma vasta gama de experiências e um forte potencial de liderança. Elas serão expostas à melhor inspiração que o Cannes Lions tem para oferecer, com sessões exclusivas de tutoria, oficinas e um programa de eventos projetados para expandir e aprimorar seu network", disse Louise Benson, diretora executiva do Festival, dos Lions Health, Lions Entertainment, Eurobest e líder executiva do See it Be. "É normal que muitas de nossas ex-alunas passaram a alcançar sucesso extraordinário e tê-las envolvidas na criação de uma shortlist entre todas as incrições este ano realmente melhorou o intenso processo de seleção. Esta comunidade de mulheres passou a ser um poderoso modelo para a próxima geração e estamos ansiosos para conhecer o grupo deste ano", acrescentou.

O grupo participa de Cannes Lions como convidados especiais do Festival com viagens, alojamento e um passe completo para o Festival. O programa inclui criativas e personalizadas masterclasses e workshops, uma visita aos bastidores da sala de júri, uma mentoria particular com alguns dos maiores nomes da indústria e eventos exclusivos de networking.

As participantes do See It Be It 2017 são:

Adebola Adegbulugbe, chefe redatora do grupo, Insight Publicis, Nigéria
Quando não está escrevendo para ajudar os clientes a obter resultados surpreendentes de marketing, Adebola é voluntária como mentora de meninas adolescentes com seu grupo Women Educating Girls e escreve artigos inspiradores e de empoderamento.

Atiya Zaidi, diretora executiva de criação, Synergy Dentsu, Paquistão
Atiya acredita que a vida é muito curta para passar despercebida e, como mãe de dois filhos, ela está determinada a deixar sua marca no mundo por meio de seu destemido desafio contra a publicidade medíocre e inspirando coragem.

Barbara Dzikanowice, diretora criativa de conteúdo, Happiness (an FCB alliance), Bélgica
Além de ter uma caneta afiada, Barbara é uma empresária e co-fundadora da YoungDogs Belgium - uma rede que ajuda jovens belgas criativos a fazer um nome para si na indústria da publicidade - e se esforça para criar uma indústria onde mulheres fortes compartilhem seus conhecimentos e ajudem uma a outra a crescer.

Deborah Vasques Soares, redatora sênior, Lew`LaraTBWA, Brasil
Trabalhando como copywriter sênior, Deborah segue uma missão de criar um trabalho inovador que desafia estereótipos no Brasil e em todo o mundo com um objetivo final de se tornar um modelo para outras mulheres na indústria e criar oportunidades para ajudar a promover e capacitar a próxima geração.

Hannah Johnson, conceito criativo/redatora, LA RED GmbH, Alemanha
Como criadora do conceito que valoriza a cooperação em uma ampla gama de disciplinas na LA RED, Hannah provou que a melhor maneira de conduzir um pensamento não é apenas pensar ou falar, mas criar a mudança que o pensamento implica.

Jaki Jo Hannan, produtora de arte sênior, AMV BBDO, RU
Exercendo um papel intrínseco no processo criativo como produtora de arte sênior, Jaki Jo aspira ser uma curadora de talento feminino em várias disciplinas criativas, compartilhando e apresentando suas realizações, inovações e uma extraordinária gama criativa.

Kara Coyle, diretora criativa associada, Ogilvy & Mather, EUA
Além de seu papel como diretora criativa associada na Ogilvy & Mather, nos escritórios de Nova York e Chicago, Kara acredita firmemente no poder de uma comunidade de modelos femininos fortes e participa de revisões de portfólio e programas de orientação de organizações como o One Club, o 3% conference, Pratt, e FIT.

Lizi Hamer, diretora criativa regional, Octagon, Singapura
Com uma firme crença na colaboração criativa e no poder de ideias generosas, Lizi usa seu entusiasmo sem limites para liderar a direção criativa em seu papel na Octagon junto com a líder SheSays Singapore, uma comunidade construída para apoiar as mulheres na indústria criativa e digital.

Maria Milusheva, diretora criativa, Noble Graphics TBWA, Bulgária
Como diretora criativa em uma agência de publicidade, a paixão de Maria por ideias que solucionam problemas é liderada por seu foco, orientação, capacidade de questionar, apoiar, impulsionar, duvidar e buscar continuamente melhores soluções de comunicação.

Marla Natoli, diretora, Video and Mobile, AOL Canadá
Além de supervisionar a estrategia de todas as soluções de vídeo e mobile para a AOL Canadá, Marla é uma líder de pensamento e inovação na indústria digital e atua como co-fundadora da MAKERS@Canada, além de dirigir a primeira mesa redonda de liderança global da AOL no Canadá.

Sakshi Choudhary, supervisora criativa, OgilvyOne Worldwide, Mumbai, Índia
Além de sua posição como supervisora criativa, Sakshi espera iniciar uma plataforma para as mulheres indianas em publicidade focada na representação igual de mulheres em posições de liderança e na discussão sobre o papel que a indústria pode desempenhar na luta contra uma sociedade patriarcal profundamente arraigada ao mesmo tempo em que simplifica interpretações complexas de preconceito de gênero na Índia por meio de uma iniciativa de arte - The Seesaw Project, fundada por Sakshi no ano passado.

Satoko Takada, diretora criativa, McCann Tokyo, Japão
Como diretora criativa no Japão, com uma carreira de publicidade internacional, Satoko tomou medidas para apoiar e estimular mudanças em sua região.

Shahnaz Ahmed, designer gráfico sênior, Livity / fundadora & diretora, Knit Aid, RU
Em sua posição na Livity, uma rede criativa liderada por jovens em Londres, Shahnaz ajuda a liderar algumas das campanhas mais bem-sucedidas que beneficiam os jovens e está determinada a mudar o cenário criativo para torná-la uma indústria mais feminina e diversificada.

Shannon Crowe, redatora/freelance criativa (antiga Clemenger BBDO Melbourne), Austrália
Escritora freelance e mãe solteira, Shannon está determinada a criar uma onda de mudança e capacitar e orientar os jovens defensores da igualdade por meio de seu trabalho de tutoria em salas de aula da universidade e sua experiência como copywriter, reconhecida por prêmios.

Tahirah Edwards-Byfield, redatora sênior, AKQA, EUA
Com a missão de representar as mulheres que não costumam ver-se dentro da indústria, Tahirah é uma criativa multidisciplinar que acredita que grandes ideias, narração e pensamento criativo podem ser aplicados a qualquer tipo de tecnologia, produto ou serviço.