Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

CENP considera Google, Facebook e similares como veículos de comunicação

Redação | 17 de Julho de 2019 - 16:57

  Divulgação da definição do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp) foi feita nesta terça (16). Iniciativa equipara as plataformas online a TVs e rádios.

O Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp) reconheceu, nesta terça-feira (16), as plataformas online Google, Facebook, Instagram e Youtube como veículos de comunicação ou divulgação. Na resolução o Cenp declara como veículos de divulgação ou comunicação, “para os efeitos da legislação, todo e qualquer ente jurídico que tenha auferido receitas decorrentes de propaganda”.

Para o presidente da Federação Nacional das Empresas de Rádio e TV (Fenaert), Guliver Leão, uma das questões mais importantes se refere ao fato de que, agora, os sites de busca, redes sociais, vídeo, áudio e display estarão sujeitos às regras do mercado publicitário, estabelecidas pelo Cenp em comum acordo com anunciantes, agências e veículos.

A resolução aprovada pelo Cenp afirma que a mudança foi feita atendendo ao artigo 4º da lei 4.680/65, que afirma: “são veículos de divulgação, para os efeitos desta lei, quaisquer meios de comunicação visual ou auditiva capazes de transmitir mensagens de propaganda ao público, desde que reconhecidos pelas entidades e órgãos de classe”.
Historicamente, Facebook e Google se definem como empresas de tecnologia, não mídia, o que as isentava, por exemplo, de responsabilidade sobre conteúdo. Há três meses, o Parlamento Europeu aprovou diretiva tornando as plataformas responsáveis pelo que os usuários publicam.

O Cenp é formado por organizações como Associação Brasileira de Anunciantes (ABA), Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) e Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert).

CENP considera Google, Facebook e similares como veículos de comunicação
Divulgação da definição do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp) foi feita nesta terça (16). Iniciativa equipara as plataformas online a TVs e rádios.

O Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp) reconheceu, nesta terça-feira (16), as plataformas online Google, Facebook, Instagram e Youtube como veículos de comunicação ou divulgação. Na resolução o Cenp declara como veículos de divulgação ou comunicação, “para os efeitos da legislação, todo e qualquer ente jurídico que tenha auferido receitas decorrentes de propaganda”.

Para o presidente da Federação Nacional das Empresas de Rádio e TV (Fenaert), Guliver Leão, uma das questões mais importantes se refere ao fato de que, agora, os sites de busca, redes sociais, vídeo, áudio e display estarão sujeitos às regras do mercado publicitário, estabelecidas pelo Cenp em comum acordo com anunciantes, agências e veículos.

A resolução aprovada pelo Cenp afirma que a mudança foi feita atendendo ao artigo 4º da lei 4.680/65, que afirma: “são veículos de divulgação, para os efeitos desta lei, quaisquer meios de comunicação visual ou auditiva capazes de transmitir mensagens de propaganda ao público, desde que reconhecidos pelas entidades e órgãos de classe”.

Historicamente, Facebook e Google se definem como empresas de tecnologia, não mídia, o que as isentava, por exemplo, de responsabilidade sobre conteúdo. Há três meses, o Parlamento Europeu aprovou diretiva tornando as plataformas responsáveis pelo que os usuários publicam.

O Cenp é formado por organizações como Associação Brasileira de Anunciantes (ABA), Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) e Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert).

Foto: Guliver Leão.