Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

EMBRATUR BUSCA CAPTAR NOVOS VOOS PARA O BRASIL NA WTM LONDRES

Redação | 08 de Novembro de 2018 - 17:56

  Durante a feira World Travel Market (WTM), em Londres, no Reino Unido, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) priorizou o aumento de conectividade com as companhias aéreas da Europa. A agenda de reuniões e encontros, promovida entre 5 e 7 de novembro, teve como objetivo abrir portas para a inclusão de novos voos internacionais e a possibilidade de mais visitas de estrangeiros aos destinos turísticos brasileiros.

Latam, Norwegian e Avianca são algumas das companhias que operam na Europa e constantemente ampliam suas rotas com destino à América Latina. Durante a WTM Londres, a Embratur estendeu contato com essas empresas. Esses parceiros trazem milhares de turistas para o Brasil, e assim, impulsionam a economia brasileira.

A presidente da Embratur, Teté Bezerra, esteve na feira e acompanhou diversas agendas de tratativas sobre o aumento da malha aérea entre Europa e Brasil. "Os números mostram que a estratégia de promoção do Instituto nas feiras pode ser um dos fatores determinantes para o crescimento do turismo brasileiro. A ampliação de voos internacionais é um dos principais pontos da agenda governamental da Embratur e de parceiros nacionais”, afirma.

O coordenador-geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica do Instituto, Alisson Andrade, destacou a importância da aproximação da Embratur com as empresas aéreas: “Buscar captar novos voos para o Brasil é uma das formas que temos de gerar empregos, ampliar a comercialização e injetar recursos no nosso País”, explica.

Vários estados brasileiros estiveram no estande da Embratur durante a WTM Londres, para promover destinos e atrações turísticas. O secretário de Turismo do Rio Grande do Norte, Manoel Neto, falou sobre a importância de participar de feiras como essa: “Para nós é uma honra estarmos aqui. É nossa quarta vez na WTM Londres e fizemos um bom networking com as empresas aéreas, criamos espaço para futuras conversas mais profundas sobre a ampliação da malha aérea”, destaca Neto.

Com novos voos ligando os mercados internacionais a destinos que hoje são menos populares no Brasil, é possível aumentar a comercialização. Dados da Análise da Malha Aérea Internacional da Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur estimam o aumento de 98 voos novos e frequências adicionais semanais até abril de 2019.

Os voos garantidos partirão de países como Israel, Itália, Holanda, Portugal, França, Reino Unido, Argentina, Bolívia, Equador, Chile, Paraguai e Estados Unidos. São 54 novas ofertas e 44 frequências adicionais. Ao todo, serão 144 frequências semanais, somadas ao que já operam regularmente entre os destinos internacionais e o Brasil.


Imagens: Pablo Peixoto/Embratur