Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

ESPM cria graduação em Sistemas de Informação mais moderno do Brasil

Redação | 23 de Abril de 2014 - 15:30

Demanda de mão de obra qualificada, que cresce 6,5% ao ano com salários que equivalem ao dobro da média nacional.

Sempre atenta às necessidades do mercado, a ESPM-SP incorpora a partir do próximo semestre em sua grade o curso de graduação Sistemas de Informação em Comunicação e Gestão. Totalmente inovador, o curso vai oferecer ampla e profunda visão de negócios, além do conhecimento técnico específico, alinhados com as tendências globais de Tecnologias da Informação e Comunicação aplicadas à Economia Criativa. É mais uma iniciativa pioneira da ESPM, referência na formação de profissionais em comunicação, marketing e gestão, que tem a tecnologia como um de seus pilares de atuação,

Com duração de oito semestres em turno integral, das 9h20 às 17h40, de segunda a sexta-feira, e eventualmente aos sábados, o curso conta com turmas de, no máximo, 50 alunos cada. Neste primeiro momento, o processo seletivo ocorre na unidade da ESPM-SP, e os interessados podem se inscrever até o dia 20 de maio de 2014 no site www.espm.br/vestibular-sp

O setor de tecnologia no Brasil tem apresentado um crescimento de 10% a 15% ao ano, que colocam o País na 7ª colocação do mercado mundial de Tecnologia da Informação (TI) e em 4º lugar em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). Porém, projeções do Observatório Softex apontam um déficit de 71 mil profissionais e falta de mão de obra qualificada no País. Mantendo-se o quadro atual, este número pode saltar para 200 mil. E isso pode ser reflexo do ensino superior.

Atualmente o profissional que trabalha com tecnologia é um dos mais disputados no mercado. Nas últimas décadas, o perfil de quem estudava sistemas de informação se transformou de técnico para gerenciador de recursos e processos. Além de ter conhecimento de análise e desenvolvimento de sistemas, linguagem de programação e desenvolvimento de algoritmos, esse profissional deve compreender as necessidades das pessoas que usam tecnologia no seu cotidiano.

Pensando nisso, a ESPM criou um curso que tem como principal diferencial as disciplinas eletivas, que personalizam o curso para cada aluno. A partir do quinto semestre, o estudante poderá optar por uma das três trilhas específicas: Games; Desenvolvimento de Aplicativos Web e Mobile; e Digital Business Intelligence. Elas representam cerca de 20% do total de horas do curso, e fará com que o aluno seja um especialista no assunto escolhido. Isso torna o curso Sistemas de Informação em Comunicação e Gestão único no Brasil.

Este direcionamento será sempre acompanhado por profissionais, tanto de educação (professores do curso) quanto do mercado (profissionais ligados às empresas de tecnologia parceiras do curso) e as disciplinas focam na formação específica dos alunos, sempre voltadas às áreas nas quais têm mais aptidão, mas que também atendam às demandas do mercado de trabalho.

Para obter sucesso, o curso depende de estrutura moderna e diferenciada. A partir dessa premissa, a ESPM optou por seguir os padrões Scale-up, um ambiente especificamente criado para facilitar a aprendizagem ativa e colaborativa, e terá, em média, 75% das aulas ministradas em laboratórios, com espaços cuidadosamente projetados para facilitar a interação entre os grupos de alunos. Originado na NC State University, o modelo é utilizado em mais de 150 faculdades dos Estados Unidos e ao redor do mundo, e pesquisas indicam melhorias significativas na aprendizagem. Ao adotar este formato, a ESPM poderá integrar um seleto grupos de instituições internacionais de ensino da qual o Brasil ainda não possui um representante.