Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

Madre Mia Filmes é premiada no El Ojo com três produções

Redação | 11 de Novembro de 2019 - 15:00

 Três produções da Madre Mia Filmes foram premiadas no El Ojo de Iberoamerica com 2 pratas e 3 bronzes em 4 categorias: Filme, Digital & Social, Sustentável e Produção Audiovisual. O remake “Meu primeiro sutiã” ganhou Prata em Digital & Social (videos Online) e Bronze em Sustentável (Bien Publico Género, Diversidad e Inclusion). “Eu sou Anne” recebeu Prata em Produção Audiovisual, já o filme “Ventríloco”, criação da agência Propeg para cliente Halitus ganhou 2 Bronzes, um em Filme (artigos de higiene pessoal e farmacêutica) e outro em Produção Audiovisual (Bajo Presupuesto).

O remake do filme “O primeiro sutiã a gente nunca esquece”, criação do genial publicitário Washington Olivetto de 1987 é uma homenagem ao original, entretanto, a protagonista do atual “Meu primeiro sutiã” é uma adolescente transexual. No filme, ela vive um rito de passagem, tratado com sutileza na percepção das transformações que acontecem com o seu corpo. A direção é de Rafa Damy para a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA).

O filme “Eu sou Anne”, criação da agência Young & Rubicam para a empresa de protetores bucais ForceField baseia-se na história real da brasileira Anne Veriato, lutadora de artes marciais mistas, primeira transexual a lutar, por opção, com homens. O filme mostra sua trajetória por reconhecimento, aceitação, liberdade para ser o quer ser e tem como pano de fundo, o preconceito que sofre na escola, de outros lutadores, o esforço e superação de limites em cada treino. Utiliza ainda registro da luta de Anne em março de 2018, quando marcou seu nome na história do MMA, ao vencer Railson Paixão na 34ª edição do Mr. Cage, em Manaus. Por decisão unânime foi a primeira atleta transexual a enfrentar e derrotar um homem nas artes marciais mistas e também sua estrea.

Já o filme “Ventríloco” de um problema de saúde bucal, a halitose de uma forma divertida e inusitada. Um homem acompanhado por um ventríloquo está em consulta médica e o boneco relata as situações que tem deixado o homem desanimado. Conta sobre as diversas situações do dia a dia em que as pessoas se afastam do homem como: numa apresentação que faz em um bar, na conversa com o garçom no balcão, no táxi, na cama com a namorada, no confessionário com o padre, na fila do carrinho de cachorro quente, no ponto de ônibus. Ao ouvir o relato, o médico faz o diagnóstico que é uma revelação divertida.

Confira os filmes vencedores no El Ojo de Iberoamerica 2019:


Meu primeiro sutiã (Prata em Digital & Social e bronze em Sustentável)
https://vimeo.com/332252580


Eu sou Anne (Prata em Produção Audiovisual)
https://vimeo.com/358137344/98bd1ba774


Ventríloco (Bronze em Filme e Produção Audiovisual)
https://vimeo.com/353632037

Ficha Técnica – Meu primeiro sutiã
Mídia: ROIx Content
Título: Meu primeiro sutiã
Campanha: Meu primeiro sutiã
Cliente: ANTRA - Associação Nacional de Travestis e Transexuais
Produtora: Madre Mia Filmes
Direção comercial: Telma dos Reis
Produção executiva: Edgard Soares e Rafa Damy
Direção de cena: Rafael Damy
Assistência de direção: Bárbara Aranega
Direção de fotografia: Guillermo Muse
Figurino: Cleber Lucin
Make hair: Miriam Kanno
Coordenação de produção: Ana Paula Domingues
Direção de produção: José Alfredo Sahm
Produção: Janaína Mesquita
Coordenação de pós-produção: Alexandre Fernandes
Assistência de coordenação de pós produção: Gabriel Leça
Produtora de som: Cabaret
Montador: Rodolpho Ponzio
Finalizador: Poliana Pompeo
Correção de cor: Marla
Motion: Warriors e Willian Santos
Central de cópias: Pedro Viciti e Welthon Lopez
Produtora: Cabaret
Produção Musical: Guilherme Azem/ Leticia Medeiros
Compositor: Guilherme Azem
Mixagem e Finalização: Gab Scatolin
Atendimento: Ingrid Lopes
Coordenação: Verusca Garcia/ Junior Freitas
Locutor: Cassius Romero

Ficha Técnica - Eu sou Anne
Agência: Young & Rubicam
Cliente: ForceField
VP de criação: Rafael Pitanguy
Direção de criação: Rafael Pitanguy
Redação: Rafael Campello, Moreno Comini, Rafael Bornacina, Rafael Damy
Direção de arte: Rafa Oliveira, Renata Antunes
Produtora: Madre Mia Filmes
Diretora Comercial: Telma dos Reis
Produção Executiva: Edgard Soares e Rafa Damy
Direção: Rafa Damy
Assistente de direção: Barbara Aranega e Henrique Taipas
Direção de fotografia : Guilerme Musé
Figurino: Cleber Lucin
Make : Miriam Kanno
Coordenação de produção: Ana Paula Domingues
Direção de produção: Paula Ortiz
Produtora: Nathalia Francatto
Coordenação de Pós Produção: Alexandre Fernandes
Assistente de Coordenação de Pós Produção: Gabriel Leça
Produtora de Som: Lógico Music
Montador: Alan Porciuncula
Correção de cor: Burn Color Grading
Motion: Jorge Pereira
Central de cópias: Pedro Viciti e Welthon Lopez

Ficha Técnica Ventríloco
Agência: Propeg
Cliente: Halitus
Título da campanha: Ventríloquo
CEO: Vitor Barros
CCO: Emerson Braga
Direção Executiva de Criação: Fabiano Ribeiro
Direção de criação: Bertone Balduino
Direção de arte: Luiz Celestino
Criação: Emerson Braga, Rodrigo Bomfim, Bertone Balduino, Pedro Chequer, Ivo Adams, Rafael Damy
Conta: Michele Estevez, Poliana Andrade e Sarah Struijk
Mídia: Patrícia Seabra, Jamile Marques
RTV: Juliana Leonelli, Thais Leite, André Coni
Planejamento: Melina Romariz, Breno Carvalho e Luciano Alves
Aprovação: Maurício Duarte da Conceição
Produção: Madre Mia Filmes
Diretora Comercial: Telma dos Reis
Atendimento: Gisele Menezes
Filme diretor: Rafael Damy
Diretor de fotografia: Guille Musé
Produção Executiva: Edgard Soares
Coordenadora de produção: Ana Paula Domingues
Diretor de Produção: Dudu Lima
Coordenadora de pós-produção: Alexandre Fernandes
Assistente: Gabriel Leça
Edição: Alan Porciuncula
Finalização: Poliana Pompeo
Motion: Willian Santos
Color: Osmar Junior
Companhia de Som: Lira Musica
Som Direto: Gravação do ator - Felipe Pagnosin / Daiana Ribeiro
Maestro: Flavio Morgade, Dito Martins
Engenharia de som: Mateus Gageiro
Conta: Marcio Espinosa
Dublagem: Reinaldo Vilelah