Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

PlayPlus e ESPNW lançam documentário com trajetórias de mulheres no esporte

Redação | 07 de Agosto de 2019 - 17:05

    O PlayPlus em parceria com a ESPNW lança no dia 07, o documentário “Elas Estão Só Começando”, com cinco episódios que contam a histórias de mulheres com trajetórias de superação e que encontraram no esporte um refúgio e uma motivação.

O documentário, com produção de conteúdo da Bossa Nova Entretenimento, traz o universo esportivo sob a perspectiva feminina contando sobre a vida de quatro personagens: Aline Silva, Mônica Otero, Priscila da Silva Lourenço e Sabrina Martins. A direção é de Chico Gomes e Patricia Julianelli.

Aline Silva é atleta de luta greco-romana e representará o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, no dia 09, que será transmitido pelo PlayPlus. No documentário a atleta conta sobre o preconceito que sofreu por ser mulher, e, outros desafios como a fome, as lesões e a falta de apoio no esporte dentro da própria Confederação.

Trechos gravados na cidade de Cubatão narram a trajetória da vice-campeã mundial de luta olímpica e medalhista Pan-americana. De família muito pobre, Aline entrou em coma alcoólico aos 11 anos de idade e encontrou nas aulas de judô uma maneira de mudar de vida. Aline, que aprendeu inglês sozinha, revela como fundou um projeto que ensina o idioma e a luta olímpica para meninas da periferia que querem tentar bolsas em universidades norte americanas.

Mônica Otero, de 62 anos, conta: “O esporte me deu asas”. Até os 51, Mônica era uma dona de casa sedentária e após se libertar de uma relação abusiva resolveu aceitar o convite de um amigo para participar de uma prova de aventura. Hoje é ultramaratonista, cruzou dois desertos – Mohave e Sahara – em ultramaratonas e venceu dois tipos de câncer com a ajuda da corrida.

Outra personagem é Priscila “Magic”, que começou a jogar basquete com 12 anos em um projeto social do Instituto Ayrton Senna. Jogou profissionalmente, fez faculdade e hoje é educadora no Instituto Barichello com crianças e adolescentes de 6 a 15 anos. Também atua no Magic Minas como treinadora e no Instituto Passe de mágica, da Magic Paula e tem a pauta feminina em sua construção e posicionamento.

Sabrina “Sassá” conta como se apaixonou pelo futebol. Sem ligar para apelidos pejorativos e disputando a quadra com os meninos, Sassá viu no futebol um caminho para trilhar como profissão. Começou a jogar em quadra no projeto Núcleo Jaguaré e logo depois entrou para time do Audax. Venceu o clássico contra o Barcelona na Espanha, e, continua em uma trajetória de superação.

O documentário “Elas Estão Só Começando” estará disponível a partir do dia 7 de agosto, no PlayPlus, plataforma de streaming e marketplace de conteúdo do Grupo Record.