Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus.

Vidas Barradas, produzido pela Clara Digital, disputa como melhor longa-metragem no Festival Guarnicê 2020

Redação | 10 de Outubro de 2020 - 15:25

        O documentário Vidas Barradas, produzido pela Clara Digital e dirigido por Cid Faria, foi selecionado pelo 43º Festival Guarnicê de Cinema para concorrer ao troféu de melhor longa-metragem, concorrendo com outros dois filmes. 

O documentário Vidas Barradas apresenta o relato de sobreviventes e de familiares daquele que foi um dos maiores desastres com rompimento de barragem de minério do mundo, o rompimento da Barragem de Brumadinho, em Minas Gerais.

O Guarnicê, Festival que acontece no Maranhão, é um dos mais antigos e consolidados festivais de cinema do páis, ocorrerá esse ano em formato híbrido, de 14 a 21 de outubro, com transmissão on-line pelas redes sociais e pela plataforma de streaming da UFMA. Entre longas e curtas, o festival irá exibir 51 filmes na mostra competitiva. link  https://portalpadrao.ufma.br/guarnice.